© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

Planejamento: Norte do Peru - Parte I

02.11.2016

 

 Faltando menos de 90 dias, chegou a hora de começar a planejar a viagem de 2017, meu planejamento consiste em estudar o mapa, as cidades que merecem ser visitadas e os passeios, tento estudar alguns custos para ter uma base de preços em relação a hospedagem, comida, passeio e a cerveja da noite hehehe. 

 

Já comprei minha passagem, fiquei por um mês procurando promoções, cadastrei um alerta no Voopter, baixei o app Melhores Destinos e ia acompanhando diariamente, a passagem estava em torno de R$1.800,00, preço salgado, ate que encontrei uma promoção por R$1.300,00 reais com ida somente no dia 25 de janeiro, achei um pouco caro ainda, estava querendo pagar R$1.000,00 mas acredito que as passagens devem estar um pouco mais caro que o normal já que é mês de férias, acabei comprando por esse valor mesmo. Esse geralmente é o primeiro passo que dou, compro a passagem para não ter mais volta  hehehe.

 

Assim, comecei a estudar um pouco de Lima, uma cidade muito grande, vi que a maioria dos hostels estão situados no bairro de Miraflores, um bairro com muitos bares, restaurantes e pelos relatos um lugar seguro. Em cidades grandes sempre faço aquele tour obrigatório, em conhecer as praças mais bonitas, catedrais, igrejas, museus e seus pontos mais interessantes, em Lima além desses lugares temos um pico como a Costaneira, uma avenida com um calçadão que fica de frente para o mar num visual muito bonito, onde abriga um shopping a céu aberto, além disso há 2 lugares também um pouco mais afastado como Pachacamac e Kuelap que vou falar um pouco mais logo abaixo. 

 

Pachacamac é um sítio arqueológico que ainda passa por processo de restauração e escavação, o passeio saindo de Lima esta em torno de 40 dólares, achei um preço salgado, mas vi que dá para fazer o trajeto sozinho de ônibus urbano ate o local, diminuindo muito o custo já que um ônibus custa 03 soles, quase 01 dólar.

 

Kuelap foi uma cidade construída pelos  Chachapoyas, antes dos incas,a partir do ano 500 d.c. , uma cidade de pedra no alto de uma montanha, o passeio saindo de Lima custa em torno de 50/60 soles, porém a opção de ir por ônibus que sai menos que a metade do preço. 

 

Após algumas pesquisas, li que a média de preços para uma refeição esta em torno de 05/12 soles, geralmente esses são os gastos que acabo prestando mais atenção, alimentação, hospedagem e transporte. Pela cidade o jeito é andar de ônibus ou dividir táxi com mais pessoas, caso for para algum lugar mais afastado. Peru já foi um país mais barato mas com a valorização da moeda peruana e com a desvalorização do nosso real, esta praticamente em pé de igualdade, 1 para 1, em 2009 quando eu fui a relação era 1 real = 02 soles, bem mais favorável. Então nessas cidades onde a moeda se iguala a nossa, a atenção para a economia tem que ser redobrada, a ideia é ficar poucos dias na capital Lima, e partir o quanto antes para HUARAZ, principal destino ao Norte do Peru para os fãs de natureza. 

 

Huaraz é a cidade base para conhecer o Parque Nacional Huascarán onde existem diversos passeios como Glacial Pastoruri ( 1 dia e 30/40 soles o passeio) , Laguna 69 ( 1 dia e 40/60 soles o passeio) e o trekking de Santa Cruz ( 04 dias e em torno de 200 dólares), para quem gosta de trilha, paisagem e natureza, aqui é o paraíso, tem passeio para diversos lugares, com diversas paisagens exuberantes, mas tem que dar aquela preparada no bolso já que é recomendado fazer as trilhas com alguma agência de viagens, então planejo gastar praticamente 01 semana nesse local, sera uma semana puxada com muitos desafios, para isso logo na sequência coloquei no roteiro a bela cidade de Mâncora, cidade litorânea onde é um dos points mais famosos por surfistas da região, ali sera o meu descanso depois das trilhas, e se o lugar for mágico como dizem, quem sabe não trabalho em algum hostel em troca de hospedagem para ficar mais algum tempo, quem sabe...

 

Assim foi definido o começo da minha viagem, além dessas 03 cidades passarei por Trujillos, já que a viagem de Huaraz a Mâncora é muito puxada, farei esse leve pit stop de no máximo 02 dias para conhecer alguns pontos turísticos da região. Assumo que nunca fui de fazer um planejamento muito complexo, acho que isso tira um pouco da graça do imprevisto e a viagem fica engessada, claro que é preciso ter um controle de gastos para o dinheiro não acabar em 10 dias hahaha mas a ideia central é essa, pesquisar cidades que valem a visita, anotar os passeios recomendados, tentar tirar uma base de valores por cima e viajar, claro que com o dia a dia conseguirei passar informações dos custos de forma mais detalhadas mas por enquanto é isso... agora é focar na segunda parte do planejamento, EQUADOR ai vou eu...

 

 

Resumo dos Custos:

 

Câmbio:

 

1 dólar = 3,30 soles

1 real = 1 soles

 

*Estou usando essas referências apesar das oscilações.

 

 

Transporte: 

 

Lima - Huaraz = 40/50 soles

Huaraz - Trujillos = 25/35 soles

Trujillos - Mancora = 40/60 soles

 

*Informações retiradas de empresas peruanas de ônibus

 

Alimentação: 

 

A média de gasto com refeição nas 03 cidades esta em torno de 05 a 12 soles por prato em lugares simples. 

 

Hospedagem:

 

Hostel em quarto compartilhado em média de 30/40 soles.

 

No texto coloquei alguns passeios que me chamaram atenção e os valores, porém não colocarei nesse resumo pois sempre há alterações, incertezas de valores, as vezes deixa de se fazer um passeio porque alguém do hostel falou que não era legal, ou surge um passeio novo para se fazer que você não conhecia, enfim... prefiro focar mais no Transporte, Alimentação e Hospedagem que são custos que não tem como escapar muito. 

 

 

 

Follow me

 

 

Please reload

FAÇA SUA RESERVA AQUI
Posts Recentes
Please reload

INSTAGRAM
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now