© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

Planejamento: Equador - Parte II

08.11.2016

Equador é um dos países que não fazem fronteira com o Brasil, talvez por isso, somado a não ter muitos voos diretos a Quito ou Guayaquil, brasileiros acabam dando preferência de conhecer outros países, como a Colômbia por exemplo, um país com 16 milhões de pessoas, que possui muitas belezas naturais, com uma enorme facilidade para nós, a moeda local é o dólar, assim facilita na hora de fazer as contas.

Como Equador ainda não é muito atrativo ao brasileiro, não é fácil encontrar informações atuais sobre o país, somente a triste notícia sobre o terremoto que o país sofreu, mesmo assim consegui encontrar algumas informações e acabei descobrindo que Equador é um lugar maravilhoso, com muita história, esportes radicais e praias tranquilas, assim por muitos amigos terem ido para Lima/Huaraz e outros para Colômbia, a gente já tem uma expectativa sobre esses lugares por amigos contarem, ou pelas fotos e inúmeros relatos, agora Equador da uma ansiedade maior por ser algo meio "o que sera que encontrarei por lá?"

 

O planejamento é passar um tempo em Mancora no Peru e dali partir para Cuenca, a primeira cidade equatoriano do roteiro, a terceira maior cidade do país latino, situada a 2.500 metros de altitude, o seu centro foi reconhecido como Patrimônio da Humanidade da UNESCO, além de ser uma bela cidade, ela é o ponto de partida para conhecer o Parque Nacional El Cajas.

 

O Parque Nacional El Cajas é um lugar com muita montanha, lagos e algumas muralhas incas pelo caminho, é possível fazer diversas trilhas pelo parque de 2 até 09 horas, é possível acampar no parque por 04 doletas também e a melhor notícia é que a entrada ao parque é de graça. Após conhecer toda a cidade de Cuenca e o parque, o destino sera o litoral, mas precisamente Montanhita, lugar conhecido como Ibiza da America do Sul hehehe. A fama se dar pela quantidade de bares, restaurantes e o público que o local atrai, fazendo ser um lugar com muitas festas, além disso existe a praia para curar a ressaca, na região de Montanhita tem um lugar chamado como praia Los Frailes,  reconhecida como uma das praias mais bonitas do Equador, e perto dali a cidade de Puerto Lopez onde é possível fazer um passeio para observar as baleias. 

 

Depois de aproveitar o litoral equatoriano, era hora de ir para a capital dos esportes radicais no Equador, a cidade de Banos se pode fazer tudo desde rafting, escalada, rapel, tirolesa e por ai vai, um dos passeios mais divertidos e baratos da região é visitar o balanço do fim do mundo, pelo nome já deve dar para imaginar, além disso a o Pailón del Diablo, uma das maiores cachoeiras do Equador, com seus 80 metros de altura, e depois é só escolher um dos esportes praticados na região e ser feliz.

 

Depois de praia e esportes radicais, o próximo destino é Quito, a segunda maior cidade equatoriana e pelos relatos que eu li sobre a cidade, ela tem muito a oferecer ao turista, além do city tour habitual, tem o grande  linha do Equador, onde o mundo é dividido em Hemisfério Norte e Sul, porém o que me cativou mais foi o Vulcão Cotopaxi e a Laguna Quilotoa, 02 pontos turísticos mais procurados no Equador e próximo dali a cidade de Otavalo com cachoeiras, lagos e seu mercado de artesanato famoso na região, com certeza em Quito "perderei" um bom tempo hehehe. 

 

Como Equador é um destino pouco procurado pelos brasileiros, não é tão fácil encontrar informações atuais mas procurando muito é capaz de ter uma noção sobre os custos, então vamos la: 

 

Resumo dos Custos:

 

Câmbio:

 

1 dólar = 3,30 real

 

*Estou usando essas referências apesar das oscilações.

 

 

Transporte: 

 

A respeito do transporte, não encontrei muita informação, li muitos relatos sobre carona, o jeito sera descobrir na hora mesmo. 

 

Alimentação:

 

A média de gasto com refeição nas cidades esta em torno de 03 a 05 dólares por prato em lugares simples. 

 

Hospedagem: 

 

Hostel em quarto compartilhado em média de 6 a 10 dólares

 

 

Sempre lembrando que os roteiros não são fixos, é apenas um esboço e se pintar algum lugar desconhecido, ou alguma oportunidade, não terá tempo ruim, acho importante ter uma ideia de custo e do que fazer para ir preparado para não perder tempo e dinheiro com alguma escolha errada, depois de estudar esse lindo país que é o Equador, ta na hora de começar a planejar um país que promete muito, COLOMBIA.

 

 

 

FOLLOW ME 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

FAÇA SUA RESERVA AQUI
Posts Recentes
Please reload

INSTAGRAM
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now