Dia 24 - Havana - Cuba

26.06.2017

Vigésimo quarto dia de viagem
13/05/2017 – Sabado – Havana

 

Acordamos as 7:30 da manhã, arrumamos as coisas, café tomado e rumo para o ponto onde os caminhões param, 30 minutos esperando e passa um caminhão para Matanzas, 40 Km de Varadero, sorte a nossa que o mesmo caminhão iria para Havana, que seria mais 100 km de viagem, assim o motorista nos cobrou 2,5 Cuc´s, de Viazul o valor era 10 Cuc´s, a viagem foi tranquila, depois de Matanzas o caminhão não parou mais e foi vazio ate Havana, e só havia eu e Paulo de passageiros, ate que a policia nos parou, deu uma olhada nos nossos passaportes, perguntou quanto tempo ficaríamos em Cuba, e no fim nos liberou, assim chegamos a Havana, o problema que o caminhão parou 6 km do lugar onde estávamos hospedados, bora caminhar com as mochilas nas costas e o sol do meio dia na cabeça, no meio do caminho eu e Paulo nos perdemos, um do outro, ele geralmente caminha mais rápido, e numa dessas ele entrou numa rua que eu não vi, e ele que tinha o mapa ate a nossa hospedagem, mas como eu sabia que estávamos perto do Estadio Latino-americano, foi só ir perguntando a direção que foi fácil chegar, e no fim cheguei primeiro que o Paulo hehe, fomos direto ao Hostel Teresa, onde já havíamos ficado na primeira vez, Teresa ficou muito feliz em nos ver, deu um abraço forte e nos preparou um café e ficamos batendo papo sobre nossa viagem, mostrando algumas fotos, depois fomos almoçar e ir ate o shopping para comprar chinelos (7 cuc´s), porém acabei esquecendo meu boné na loja, e só fui lembrar quando cheguei no Hostel, fiquei bem chateado, o boné já era velho, mas tinha sido um presente especial, mas como sou brasileiro e não desisto nunca, fui ao shopping de novo para ver se encontrava, mas não encontrei, o dono da loja falou que um cara pegou e levou, quem sabe eu andando pela cidade não encontre ele na cabeça de um cubano?! Ai eu pego de volta hehehe, o valor material era nulo, era mais pelo valor sentimental, agora é comprar um boné por aqui, pelo menos terei um boné de Havana agora, se eu achar um para comprar né?!

 

 

 

 


A noite chegou e resolvemos dar uma volta pelo centro, na parte turística, que fica a 4 km de onde estávamos, no meio do caminho paramos para jantar, existe um calçadão com bares e restaurantes voltado para os gringos, mas mesmo sendo sábado estava meio morto, assim decidimos voltar para o hostel para dormir, hoje andamos uns 20 km tranquilamente e enfrentamos 140 km de caminhão, estávamos cansados.

 

 

 

 

 

 

Follow me

Please reload

FAÇA SUA RESERVA AQUI
  • Facebook - Black Circle
  • Black Pinterest Icon
  • Black Instagram Icon
Posts Recentes
Please reload

INSTAGRAM

© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now