Passadiço do Paiva - Um trekking em Arouca.

O Passadiço do Paiva tem tido um grande destaque no turismo de Portugal nesses últimos anos, localizado no Distrito de Aveiro, no Concelho de Arouca e beirando um dos rios mais limpos de toda Europa, o Rio Paiva, o Passadiço já ganhou inúmeros prêmios desde a sua inauguração em 2015, um deles foi na premiação do World Travel Awards, como o projeto mais inovador do turismo Europeu.

O Passadiço de uma ponta a outra tem 8,8 km de distância, que se percorre em 2 horas e 30 minutos em média, nele é possível observar toda a fauna e flora da região, e além disso, há praias fluviais para aqueles que querem se refrescar em pleno verão. A entrada tem o valor simbólico de 01 euro e é preciso comprar com antecedência através do site https://reservas.passadicosdopaiva.pt/pt/bilhetes , pois há limite de pessoas por dia, então é mais seguro garantir o seu, já que em alguns finais de semana fica lotado de turistas.

Há dois pontos onde o Passadiço se inicia, o recomendável para aqueles que não estão com o físico em dia é começar por Areinho e ir em direção a Espiunca, esse é o trajeto que a maioria das pessoas fazem, assim na parte das escadarias, fazem ela descendo e não subindo. Para aqueles que querem fazer ida e volta, eu recomendo começar por Espiunca, acredito que o trajeto Espiunca - Areinho, alem de ser mais difícil, é mais bonito também, assim a volta fica mais fácil, contando que em Espiunca há dois bares e mesas para aqueles que querem parar para comer e beber algo. O lugar é muito bonito.

Espiunca

É possível chegar no Passadiço de Paiva de transporte público, mas não é muito fácil, a ideia era ir de carro, é o melhor jeito para chegar por lá, somente colocar Espiunca no GPS e seguir pela estrada. Como a maioria faz o trajeto Areinho - Espiunca por ser mais fácil, é recomendável ir ate Espiunca, estacionar o carro nos estacionamentos gratuitos que tem próximo a entrada e de lá tomar um dos táxis que ficam por ali disponíveis ate a entrada de Areinho, assim você faz o trajeto mais fácil. Eu fiz o trajeto Espiunca - Areinho - Espiunca, assim não precisei tomar nenhum táxi, mas também caminhei o dobro da distância rs

Já que você estará por essa bela região de Portugal, não deixe de visitar a Vila de Arouca e experimentar seus doces tradicionais e visitar a conhecida Serra da Freita, local com muitos percursos e com a famosa cachoeira Flecha da Mizarela, com certeza vale a pena conhecer essa bela serra portuguesa. E para aqueles que gostam de conhecer a bela gastronomia portuguesa, não deixe de ir a Alvarenga para comer em algum dos seus restaurantes os belos e famosos bifes de Alvarenga.

Espero que tenham gostado do relato, para qualquer dúvida só mandar mensagem pelas minhas rede sociais, estou presente no Instagram no rafacarvalho33 e no Facebook no Follow The Portuga.

Follow me

1/27

© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now