Dia 10 - Santiago de Cuba - Cuba

Décimo dia de viagem 29/04/2017 – Sábado – Santiago de Cuba

A viagem de ônibus durou 06 horas, e foi pesada, porque o ar condicionado estava no talo, era tanto frio que não consegui dormir, chegamos na cidade e já fomos procurar casa para poder dormir um pouco, geralmente estamos pagando 15 Cuc´s para os dois, mas agora o objetivo era tentar encontrar por 12 Cuc´s, fomos em uma casa, em duas e nada, na terceira eu falei “ Somos brasileiros e estamos viajando com pouco dinheiro, e vou ser sincero, estamos pagando 12 Cuc´s em outras cidades e estamos buscando o mesmo preço aqui em Santiago”; a mulher me olhou e falou “ mas nada de trazer mulheres para cá hein” hahaha assim conseguimos diminuir ainda mais o preço da hospedagem, dando uma folga no orçamento, mais uma batalha ganha para o projeto CUBARATO, assim fomos dormir algumas horas e acordamos as 13 horas e saímos para almoçar, trocar dinheiro, conhecer seus pontos turísticos e buscar informação para ir a Baracoa do jeito mais barato possível, queríamos ir de trem para ter essa experiência mas descobrimos que não tinha para esse trajeto, ônibus da Via Azul era 15 Cuc´s, nos táxis compartilhados negociamos para 12 Cuc´s e negocio fechado, então terça estamos com o transporte garantido.

Ao lado do terminal, 10 minutos andando, esta o cemitério onde Fidel esta enterrado e onde tem um monumento não só para ele, como para outras pessoas que morreram durante a Ditadura de Fulgêncio Batista, além deles há outro monumento dedicado ao Jose Martí, libertador de Cuba, mas tinha que pagar 3 Cuc´s para conhecer essa parte e achamos que não valia a pena, depois disso fomos a uma praça onde Fidel Castro declarou a vitória da Revolução Comunista, depois de ter a vitória confirmada, ele saiu de Havana ate sua cidade natal para fazer o primeiro pronunciamento, ate que deu 17:30 da tarde e resolvemos ir para casa, mas eu e Paulo nos desencontramos e eu tive que voltar sozinho, sorte que consegui encontrar o lugar, andei algumas ruas perdidos, mas consegui me localizar, ai foi hora de escrever um pouco e dar uma descansada para conhecer a noite de Santiago de Cuba.

Quando deitei na cama senti umas dores no corpo e já comecei a me preocupar, geralmente depois de muito esforço físico, meu corpo não aguenta e começa a pedir arrego, já iam 10 dias de viagem, caminhando 4/6 horas por dia, em Trinidad passei dois dias a base de sanduíche e pedaço de pizza e na ultima noite peguei aquela friagem do ar condicionado que deve ter derrubado minha imunidade, mas a dor era pouca e assim saímos para jantar, depois fomos ate uma praça onde tinha muita gente escutando musica, pegamos uma cerveja e eu comecei a piorar, às 23 horas já estava na cama morrendo com as dores no corpo, dor de cabeça e febre, estava destruído, foi a pior noite da minha viagem, já estava começando a me preocupar de verdade, não queria perder nenhum dia de viagem por isso, tentei dormir e torcer para acordar melhor, sempre ando com remédios, mas deixei tudo no apartamento da Dona Teresa em Havana, só tinha uma cartela de Anador que é para dor de cabeça, o resto vai ter que melhorar na raça.

Follow me

1/27

© 2023 por NÔMADE NA ESTRADA. Orgulhosamente criado com Wix.com

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now